Renove sua Mente



"Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" (Romanos 12.2 NVI). O primeiro imperativo nesse verso diz: “Não se amoldem ao padrão deste mundo”, isto é, não vivam de acordo com o estilo desta presente era, que é produto do pecado e do reino da morte. Pois, foi para nos resgatar e nos transferir deste reino de pecado e morte para o Seu reino de justiça e vida que Cristo deu-se a si mesmo por nós (Gálatas 1.4). Entretanto, apesar de termos sido espiritualmente transferidos para o reino de Cristo, em definitivo, isso não nos isenta da influência desse mundo enquanto aqui vivemos. Nesse sentido, a Palavra nos chama a resistir a essa pressão e a viver como se a era vindoura já tivesse chegado. O segundo imperativo é positivo e está na forma adversativa: "mas transformem-se pela renovação da sua mente". Essa transformação é um processo contínuo que exige trabalho constante para ser alcançada e a "renovação da mente" é o meio através do qual essa transformação acontece. Assim, nós deveríamos ajustar nossa maneira de pensar à nova vida que temos no Espírito (7.6). Esta reprogramação da mente não acontece da noite para o dia, antes, é o exercício de uma vida toda, no qual nossa maneira de pensar se alinha mais e mais à maneira que Deus quer que pensemos. Em Romanos 1.28, lemos que, por tê-lo rejeitado, Deus entregou os homens a uma “disposição mental reprovável”, ou seja, desqualificada para acessar Sua verdade. Aqui, o propósito de sermos transformados pela renovação da mente é para que esse estado seja revertido e sejamos capazes de “experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus". Experimentar e comprovar significa entender e concordar com o que Ele quer de nós, colocando esse entendimento em prática. Neste aspecto, as Escrituras são de grande auxílio, pois constituem o padrão revelado de Deus o qual é parâmetro para avaliarmos se nossa conduta reflete, ou não, uma mente que está sendo renovada. ____________________________________ João Crisóstemo



"Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" (Romanos 12.2 NVI). O primeiro imperativo nesse verso diz: “Não se amoldem ao padrão deste mundo”, isto é, não vivam de acordo com o estilo desta presente era, que é produto do pecado e do reino da morte. Pois, foi para nos resgatar e nos transferir deste reino de pecado e morte para o Seu reino de justiça e vida que Cristo deu-se a si mesmo por nós (Gálatas 1.4). Entretanto, apesar de termos sido espiritualmente transferidos para o reino de Cristo, em definitivo, isso não nos isenta da influência desse mundo enquanto aqui vivemos. Nesse sentido, a Palavra nos chama a resistir a essa pressão e a viver como se a era vindoura já tivesse chegado. O segundo imperativo é positivo e está na forma adversativa: "mas transformem-se pela renovação da sua mente". Essa transformação é um processo contínuo que exige trabalho constante para ser alcançada e a "renovação da mente" é o meio através do qual essa transformação acontece. Assim, nós deveríamos ajustar nossa maneira de pensar à nova vida que temos no Espírito (7.6). Esta reprogramação da mente não acontece da noite para o dia, antes, é o exercício de uma vida toda, no qual nossa maneira de pensar se alinha mais e mais à maneira que Deus quer que pensemos. Em Romanos 1.28, lemos que, por tê-lo rejeitado, Deus entregou os homens a uma “disposição mental reprovável”, ou seja, desqualificada para acessar Sua verdade. Aqui, o propósito de sermos transformados pela renovação da mente é para que esse estado seja revertido e sejamos capazes de “experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus". Experimentar e comprovar significa entender e concordar com o que Ele quer de nós, colocando esse entendimento em prática. Neste aspecto, as Escrituras são de grande auxílio, pois constituem o padrão revelado de Deus o qual é parâmetro para avaliarmos se nossa conduta reflete, ou não, uma mente que está sendo renovada. ____________________________________ João Crisóstemo